Microsoft corta as asas dos usuários do OneDrive

Ué, mas não era ilimitado?!?!? Microsoft elimina armazenamento ilimitado no OneDrive e coloca a culpa em usuários

A Microsoft anunciou ontem que o armazenamento ilimitado deixará de existir, encerrando a possibilidade e passando a liberar novamente as antigas opções de espaço ofertadas.

Segundo o informe, o motivo da decisão foi o fato de alguns poucos usuários resolveram fazer backup de coleções de filmes inteiros e gravações DVR, chegando a ter 75TB por usuário (ué, mas não era ilimitado?).  A equipe então, tomou essa decisão buscando tornar o servidor mais eficiente para a maioria dos usuários do OneDrive.

Basicamente, o que a Microsoft fez foi voltar o OneDrive para as condições anteriormente já conhecidas. Confira abaixo:

  • O armazenamento ilimitado ofertado para usuários dos planos Office 365 Home, Personal e University  deixam de existir. A partir de hoje, esses usuários passarão a ter 1TB disponível.
  • Planos de 100 GB e 200 GB deixam de existir, sendo substituído por um de 50 GB por US$ 1,99/mensais, no início de 2016.
  • Armazenamento gratuito de 15GB passará a ser de 5GB, seja ele usuário antigo ou novo. O bônus de 15GB que era dado a quem habilitava o backup da câmera também será interrompido. A alteração começará em 2016.

O que a Microsoft fará na sequência:

  • Usuários do Office 365 com mais de 1TB armazenado serão avisados e poderá manter o espaço utilizado por 1 ano.
  • Usuários do Office 365 que acharem que o serviço não atende mais o desejado poderá solicitar o reembolso proporcional.
  • Usuários gratuitos com mais de 5GB armazenado continuarão tendo acesso aos seus arquivos porém terão 1 ano para a adequação à nova condição. Estes terão também a possibilidade de resgatar a oferta de 1 ano do Office 365 Personal, que inclui o armazenamento de 1TB (para isso, é necessário cartão de crédito).
  • Consumidores que possuem planos de 100GB ou 200GB não serão afetados pela alteração.

Fonte: OneDrive Blog