Justiça determina suspensão do Whatsapp por dois dias

Decisão da justiça paulista determina a suspensão do Whatsapp por dois dias a partir da meia-noite desta quinta-feira

Noticias não muito agradáveis acabam de ser divulgadas. Segundo noticia da “Folha de São Paulo”, o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia Móvel Celular e Pessoal (SindiTeleBrasil) foi notificada como representante das operadoras nacionais em determinação de que o serviço do aplicativo Whatsapp deverá ser suspenso por 48 horas, a partir da meia-noite do dia 17/12 (quinta-feira). A não interrupção do serviço por parte das operadoras acarretará em multa.

A decisão foi tomada em regime de medida cautelar e não quem moveu a ação ou qual a alegação para a realização do mesmo porém, não será de se surpreender se surgir futuramente a informação que esse processo tenha dedo de uma das grandes operadoras nacionais.

Cabe lembrar que a noticia, curiosamente, chega aos nossos ouvidos menos de 15 dias após a divulgação de noticia dando conta de que o aplicativo foi o principal causador de queda de número de linhas ativas no país.

Não é a primeira vez, no entanto, que o aplicativo é alvo de processos que visam tirar ele do ar. No inicio do ano, o TJ-PI havia determinado a suspensão do serviço por recusar a tirar do ar a circulação de fotos de crianças e adolescentes expostas sexualmente.

Fonte: Folha de São Paulo