Paralimpíada será exibida em tempo real pelo site oficial do Rio-2016

Desenvolvido pela Microsoft, o portal rio2016.com foi totalmente adaptado para oferecer os mesmos recursos e experiência aos visitantes do mundo todo

Toda a estrutura on-line montada para os Jogos Rio 2016, com base na tecnologia em nuvem Microsoft Azure integrada à da Atos, parceira mundial de TI dos Jogos Olímpicos, está disponível para os Jogos Paralímpicos Rio 2016. A plataforma robusta exibirá, pela primeira vez em tempo real, o desempenho de atletas e times de 160 delegações de 159 países em cada jogada durante as mais de 500 provas de 23 modalidades paralímpicas, que serão disputadas em 20 diferentes arenas.

Ao vivo, o portal publicará tabelas com placares e resultados, o quadro de medalhas conquistadas por país e recordes quebrados durante a competição. Em “Play-by-play”, funcionalidade inédita nos Jogos Paralímpicos, os visitantes do portal poderão acompanhar a sequência de jogadas e os passos dos atletas e das equipes na competição. Há ainda as seções “Tempo Real”, com detalhes das competições acontecendo no momento, “Calendário & Resultados”, “Medalhas”, “Esportes”, “Atletas & Times”, “Países”, “Notícias” e “Guias” que trarão informações como a escalação de equipes e atletas de cada modalidade e país, calendário detalhado de cada prova por dia, atleta/equipe e país e histórico de recordes dos Jogos Paralímpicos anteriores.

O grande volume de informações será disponibilizado com agilidade em quatro idiomas (português, inglês, espanhol e francês) graças a um modelo de tecnologias combinadas, como sensores Omega nas arenas das provas conectados à internet (Internet das Coisas) para a geração de dados, que são tratados, processados e distribuídos em menos de 5 segundos em mais de 300 servidores em nuvem Microsoft Azure e datacenters distribuídos em três continentes.

Além de ter sido desenhado para oferecer a mesma experiência para visitantes que acessam o portal via smartphones, tablets ou desktops, em diferentes navegadores, o portal conta com recursos de alteração de contraste que visam facilitar o acesso por pessoas com deficiência visual. O portal dos Jogos Rio 2016 também reconhece automaticamente o modelo de tela mais adequado para obter a melhor experiência de navegação e interação.

“O ineditismo do portal para os Jogos Paralímpicos com o acompanhamento dos detalhes de cada prova ao vivo é mais uma conquista da Rio 2016, que é possível graças à integração das tecnologias de parceiros como a Microsoft e Atos que adaptaram 100% do conteúdo para contemplar as especificidades de cada esporte, com diferentes regras e dinâmicas”, diz Adriana Garcia, diretora de Comunicação do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016.

“Para a Microsoft, é uma grande satisfação poder oferecer aos fãs dos esportes paralímpicos, as mesmas facilidades de acesso à informação que o portal ofereceu durante o revezamento da Tocha Olímpica e os Jogos Olímpicos”, diz Alfredo Deak, diretor do projeto do Portal dos Jogos Rio 2016 na Microsoft Brasil.

O Comitê Organizador da Rio 2016 está trabalhando com a Microsoft como parceira para o desenvolvimento do portal oficial dos jogos após uma análise que considerou aspectos técnicos, como capacidade de processamento e distribuição geográfica compatíveis com o porte do evento, escalabilidade, além da integração entre diferentes dispositivos de navegação.

A agência Isobar Brasil trabalhou em parceria com a Microsoft, sendo a responsável pela arquitetura de informação, usabilidade, layout e interface do projeto do portal Rio 2016. O trabalho da agência envolveu entrevistas com consultores esportivos, jornalistas e fãs de esportes para que o design e a experiência de navegação atendessem aos mais exigentes usuários.

20160823_microsoft_azure-rio-2016v7

Além das tecnologias necessárias para desenvolvimento do Portal, a Microsoft é também fornecedora oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016 na categoria de software de sistema operacional, e iniciou sua contribuição com o Comitê Organizador por meio do Office 365, ferramenta de produtividade utilizada, na época, por 300 funcionários. Durante os Jogos Olímpicos Rio 2016 o volume de usuários chegou a mais de 11 mil, que utilizaram a ferramenta em PCs, smartphones e tablets no dia a dia das competições.

Fonte: Microsoft