GOOGLE

Moto G tem nova geração apresentada oficialmente

Motorola (ou seria Lenovo?) lança nova geração do famoso MotoG, com três versões com características específicas. Confira.


Foi anunciada hoje, a nova geração do aparelho considerado por muitos, o queridinho do mercado. Com três variações, o novo MotoG (ou MotoG4, como identificado pela própria marca). Destes, duas são versões com novos nomes na grife: o MotoG Play e o MotoG Plus.

Entre eles, existem algumas semelhanças e diferenças. Todos contam com Nanorrevestimento à prova d’água (ou seja, ele são resistentes à agua, não à prova dela. Nada de inventar de fazer mergulhos e tentar tirar foto dentro da piscina com ele, ok?), suporte à cartão MicroSD de até 128GB e câmera frontal de 5MP com abertura de f/2.2 e utilização de cartão MicroSIM (e não Nano). Já no quesito sistema, eles contam com o Android Marshmallow na sua ultima versão (6.0.1).

Moto G4

A Lenovo Motorola deu um sopro de vida à versão mais básica do aparelho. Trazendo uma tela de 5.5″ FullHD com 401 ppi de densidade, o aparelho conta com uma câmera traseira de 13MP e modo Pro, processador Qualcomm Snapdragon 617 (octa-core de até 1,5 GHz), GPU Adreno 405 rodando à 550 MHz, 2GB de RAM, 16GB de armazenamento interno.

A bateria possui generosos 3.000 mAh, com suporte à carregamento rápido, que faz parte do kit (na versão de 10W). Para fechar o conjunto, o aparelho trás TV Digital (algo já normal na linha) e suporte à dois chips. No entanto, causa certa estranheza o fato de apenas o primeiro ser 4G (o segundo utiliza conexão 3G/2G por padrão)

No quesito personalização, o Moto G contará com suporte do Moto Maker, o que permite aos usuários personalizar a cor do detalhe metálico da câmera e das capas, que são removíveis.

Moto G Plus

A segunda versão do Moto G trás o sufixo Plus e é basicamente a versão anterior melhorada. Além do já citado, vemos uma câmera um pouco mais robusta, passando de 13MP para 16MP com foco a laser e PDAF (Phase Detect Autofocus), prometendo rápido funcionamento e capturas nítidas nas mais variadas situações. Outra evolução em comparação ao anterior é o armazenamento, que pula de 16GB para 32GB internos. O carregador dessa versão é o Turbo de 15W.

Segundo a Motorola, o site DxO Mark, que é especializado em análise de câmeras e lentes da indústria mundial, colocou a câmera entre as melhores disponíveis nos aparelhos atuais, passando à frente do iPhone 6S, iPhone 6S Plus. Cabe observar, no entanto, que a comparação tem como base apenas a captura de fotos, não havendo informações se a teórica vantagem também se mantem na captura de vídeos. 

Outra evolução é a disponibilização de leitor biométrico, algo que vem se tornado padrão nos aparelhos atuais. O desbloqueio é rápido e também será possivel, segundo a marca, utilizar o mesmo para outras aplicações compatíveis com a tecnologia, além de autorizar compras de conteúdo no Google Play.

Moto G Play

Pelo visto, o nome Play, para a marca é sinônimo de aparelho capado. Assim como o irmão maior (o Moto X Play), este Moto G  é a versão mais simples dentre os três, contando com processador Qualcomm Snapdragon 410 (quad-core de 1.2GHz), GPU Adreno 306 (rodando à 450 MHz), 2 GB de memória RAM e armazenamento de 16GB. A bateria também sofreu com a tesourada e perdeu 200 mAh em comparação aos irmãos de linha, contando, portanto, com 2800 mAh.

O aparelho também tem menos tela em todos os sentidos: HD (1280×720) de 5″ e 294 ppi de densidade.

Disponibilidade e preço

Tanto o Moto G quanto o Moto G Plus já podem ser adquiridos, tanto na loja oficial da marca, quanto nos grandes varejistas. A diferença de preço é de R$ 200 entre os dois (R$ 1.299 e R$ 1.499, Moto G e Moto G Plus, respectivamente).

Já o Moto G Play tem previsão para disponibilização global em agosto, sem previsão de preços, ao menos por enquanto.

Fotos e informações: Motorola Brasil

 

About the author

Daniel Justino

Add Comment

Click here to post a comment

Deixe uma resposta

Nossos parceiros