GOOGLE

Samsung um dia diminuirá a quantidade de aparelhos?

1

A exatamente um ano, alguns portais divulgaram que a Samsung diminuiria a quantidade de aparelhos mas, será que a Samsung iria fazer isso?

A um ano atrás, alguns portais divulgaram a notícia de que a Samsung iria diminuir a quantidade de aparelhos, fazendo dessa uma das noticias mais comentadas nos grupos relacionados com a marca e com o sistema Android à época porém, após esse tempo, pouca coisa mudou.

Os questionamentos por parte dos usuários a cada lançamento se tornou uma constante e a piada, uma obrigação mas, até onde a afirmação de que a Samsung diminuiria a quantidade de aparelhos era uma verdade ou apenas uma tentativa de obter bilheteria por parte de alguns portais?

A realidade é que a Samsung prometeu uma reformulação e racionalização das linhas, especialmente nas que tínhamos mais variantes disponíveis no mercado.

Quem acompanha a mais tempo o mercado deve lembrar que era uma constante o lançamento de infinitas versões com praticamente o mesmo nome, sempre acrescentando mais um. A sensação é que você comprava um smartphone com descendência da família real portuguesa devido a quantidade de nomes.

Isso causava dois problemas:

  1. A dificuldade em escolher qual aparelho efetivamente seria o ideal para a compra, tendo em vista que os nomes não ajudavam a saber mais sobre ele
  2. A  dificuldade por parte do consumidor em lembrar qual aparelho tinha pelo nome e ter suporte até por parte de comunidades que, querendo ou não, ajudam as fabricantes a terem menos demanda à assistência por problemas simples

E algo mudou após a declaração?

SamsungSim! O que ocorreu foi a racionalização de nomes, facilitando a busca de informações sobre eles. O que se tem hoje é o resíduo das linhas antigas no mercado e a tendencia é que elas morram lentamente, havendo uma reorganização dos aparelhos. Um exemplo disso é o como o site da Samsung é organizado hoje. Aparelhos que não pertencem às linhas Galaxy S, Galaxy Note, Galaxy A, Galaxy E, Galaxy J foram movidos para a categoria “Outros”.

Com isso, a marca dá a entender que aos poucos, a reformulação da linha está ocorrendo porém, isso não necessariamente significará diminuição de quantidade de aparelhos mas sim nomenclaturas mais fáceis e coerentes, de modo a facilitar a vida do usuário.

Outro ponto positivo é que aos poucos, graças à concorrência de marcas como Motorola, Xiaomi e LG, os aparelhos tem tido melhoras consideráveis no quesito hardware, abandonando gradativamente a memória de 512MB (e antes que algum usuário de Windows Mobile fale algo, não se esqueça que o Windows 10 também nivelou pra cima nesse aspecto, ok?).

Obviamente, a quantidade de aparelhos disponíveis ainda é muito acima do ideal (a Samsung considera 59 em linha atualmente, segundo o site oficial) porém, já melhorou bastante.

Imagem de destaque: GizBot

Daniel Justino

Moto X Force tem sua tela posta à prova

Previous article

Samsung requenta Galaxy S5 e lança nova versão

Next article

You may also like

1 Comment

  1. […] quantidade de aparelhos” (entenda o porque de a expressão estar entre aspas clicando aqui e lendo nosso post sobre o assunto), no entanto, a expectativa era de que casos como esse parassem de acontecer mas pelo visto, não […]

Deixe uma resposta

More in GOOGLE