Já faz algumas décadas que a internet instalou-se em casas, escritórios e momentos de lazer e se tornou, mais que uma plataforma para trabalhar, parte imprescindível da vida de bilhões de pessoas em todo o mundo. Mesmo assim, as barreiras linguísticas continuam sendo, vez ou outra, uma pedra no sapato de muitos. Seja pelas expressões idiomáticas, seja pelas inúmeras formas como os idiomas evoluem, nem sempre é fácil entender o que um estrangeiro está dizendo, ainda que seja em inglês – e ainda que seu inglês seja muito bom.

Isso porque, além da linguagem formal, reconhecida por dicionários e tradutores, cada idioma tem também suas próprias abreviações e expressões que, de tanto serem usadas, tornam-se parte do vocabulário. Em inglês não é diferente. Atualmente, há um sem-número de “palavras” que podem aparecer nas redes sociais e nos aplicativos de conversa sem, contudo, estarem dicionarizadas.

A assessora de conteúdo do PES English, Diana Paes de Barros, explica que isso acontece porque o processo de oficialização de neologismos nem sempre consegue acompanhar a velocidade com que a língua se modifica. “Uma breve surfada na rede revela que a forma mais eficiente de pesquisar o ‘internetês’ – uso de abreviações e siglas que surgiram no meio on-line para acelerar a comunicação entre usuários adolescentes – é fazendo buscas em dicionários específicos para esse tipo de termo. Alguns exemplos são NetLingo, Yourdictionary e Liveabout.com”, destaca. Embora muitos dicionários tradicionais já tragam boa parte dos significados, pode ser que novas expressões fujam dessa regra.

Diana lembra que não é incorreto utilizar essas expressões do “internetês” e que elas devem ser vistas como uma variação linguística grupal. No entanto, esse tipo de linguagem não é adequado para todas as situações. “É preciso que os jovens saibam que a linguagem da maioria, dos textos oficiais e da vida profissional, segue a língua padrão. Além disso, para a forma escrita, essa não é uma prática vantajosa porque pode ocasionar a perda da forma padrão da ortografia. Mas a língua se modifica através do tempo para atender às necessidades distintas de comunicação e isso é muito natural”, completa.

Estas são algumas das expressões em inglês que você pode usar para conversar com estrangeiros pela internet:

  • 2moro – tomorrow (amanhã)
  • 2nite – tonight (esta noite)
  • 24/7 – twenty-four hours a day, seven days a week (24 horas por dia, 7 dias por semana)
  • 4u – for you (para você)
  • AKA – as known as (também conhecido como)
  • ASAP – as soon as possible (o mais rápido possível)
  • FYI – for your information (para sua informação)
  • G2G – got to go (tenho que ir)
  • GT8 – great (ótimo)
  • IDK – I don’t know (não sei)
  • ILY – I love you (te amo)
  • IMO – In my opinion (em minha opinião)
  • LOL – laugh out loud (rindo muito)
  • TBT – throwback Thursday (quinta-feira das lembranças)
  • Thx – thanks (obrigado/obrigada)
  • TTYL – talk to you later (falo com você depois)
  • WKND – weekend (fim de semana)
  • XOXO – hugs and kisses (abraços e beijos)

Imagem em destaque: Keira Burton